Inscrições 2022

História da cultura, da cultura científica e historiografia

Docentes

  • Andrea Casa Nova Maia
  • Andrea Daher
  • Carlos Ziller
  • Claudio Pinheiro
  • Felipe Charbel
  • Fernando Castro
  • Gabriel Castanho
  • Henrique Gusmão
  • Jaqueline Hermann
  • Joao Ohara
  • José Padua
  • JV Araújo
  • Luiza Laranjeira
  • Maria Paula
  • Marieta de Moraes
  • Marta Mega
  • Monica Grin
  • Murilo Bom Meihy
  • Silvia Correia
  • Vinícius Liebel
  • William Martins

Setores Temáticos

Relações étnicas, raciais e de gênero

O setor abrange estudos voltados para a história da elaboração cultural da produção, reprodução e reinvenção de identidades e diferenças em diversos tempos e contextos sociais, com especial atenção à problemática das relações étnicas, raciais e de gênero. Engloba análises da formação dos discursos em lugares de poder como os da ciência e da religião. Emprega abordagens que evidenciem os processos históricos de produção dos conhecimentos de senso comum sobre etnicidade, raça, gênero, com enfoques que revelam a existência de lutas de representação em torno da construção das diferenças sociais e das relações entre política e saberes no investimento sobre o corpo (sujeito e objeto). Assim, esse setor temático congrega pesquisas voltadas para o estudo das formas históricas de subjetivação em seus temas e efeitos, em suas contradições, reconfigurações e contraefetuações. 

História intelectual, das ideias e da ciência

Este setor temático reúne pesquisas dedicadas às diversas modalidades históricas de produção e reprodução das ideias e à cultura intelectual. Em diálogo com a história cultural, a crítica literária e a filosofia, esses estudos dedicam-se às dinâmicas sociais em que se dão as condições para o desenvolvimento de modelos de conhecimento, em diversos tempos e espaços. Em particular, obras científicas, intelectuais e artísticas podem ser pensadas através de diferentes perspectivas, de modo a dar conta da historicidade dos saberes, dos conceitos e das categorias que lhes conferem sentido em seu tempo.

Historiografia, conhecimento histórico e ensino de História

Esse setor temático abrange estudos dedicados à crítica da produção do pensamento e do conhecimento histórico, nas dimensões teórica e prática das operações de investigação, leitura e escrita, bem como às práticas de ensino e rotinas pedagógicas da disciplina. A teoria, a filosofia e a escrita da história se configuram como problemáticas atentas aos meios diversos e plurais da produção, circulação e usos do conhecimento histórico em suas variadas formas e dimensões, com especial atenção ao diálogo transdisciplinar com a arqueologia, as ciências sociais em geral, a educação, a filosofia e as artes.

Distintas trajetórias do debate historiográfico implicaram em diferentes agendas de investigação, da institucionalização e do ensino da História. Essa dimensão se reflete em como a História foi afetada por práticas de poder cristalizadas em torno de culturas institucionais, tradições nacionais ou imperiais desse campo disciplinar.

H. das práticas de representação e das formas literárias e artísticas

Os estudos contemplados neste setor temático abordam determinados tópicos de discussão sobre cultura escrita, oralidade, retórica e outros, no âmbito das mais diversas práticas culturais anteriores ao paradigma literário do final da época moderna. Do mesmo modo, o regime de discursos contemporâneo permite pensar a historicidade dos textos literários e a literalidade do discurso histórico; as dimensões ética e epistemológica da literatura e das artes, plásticas e cênicas; as formas históricas do romance; e os momentos de emergência e de transformação dessas formas narrativas, tal como conhecidas hoje.